Terça-feira, 30 de Maio de 2006

La Solitude

Je suis d'un autre pays que le vôtre, d'un autre quartier, d'une autre solitude. Je m'invente aujourd'hui des chemins de traverse. Je ne suis plus de chez vous. J'attends des mutants. Biologiquement je m'arrange avec l'idée que je me fais de la biologie : je pisse, j'éjacule, je pleure. Il est de toute première instance que nous façonnions nos idées comme s'il s'agissait d'objets manufacturés. Je suis prêt à vous procurer les moules. Mais...

Sou de um outro país que não o vosso, de outro quarteirão, de outra solidão. Invento-me hoje atalhos. Já não faço parte da vossa casa, estou à espera de mutantes. Biologicamente, acomodo-me com a ideia que faço da biologia: mijo, ejaculo, choro. É fundamental que moldemos as nossas ideias como se tratasse de objectos manufacturados. Estou pronto para vos arranjar os moldes. Mas,...

 

 

la solitude...

a solidão...

 

 

Les moules sont d'une texture nouvelle, je vous avertis. Ils ont été coulés demain matin. Si vous n'avez pas, dès ce jour, le sentiment relatif de votre durée, il est inutile de vous transmettre, il est inutile de regarder devant vous car devant c'est derrière, la nuit c'est le jour. Et...

Os moldes são de uma textura nova, aviso-vos. Foram fundidos amanhã de manhã. Se não tiverdes desde esse dia o sentimento relativo da vossa duração, é inútil olhar à vossa frente porque de frente é por trás, a noite é o dia. E...

 

 

la solitude...

a solidão...

 

 

Il est de toute première instance que les laveries automatiques, au coin des rues, soient aussi imperturbables que les feux d'arrêt ou de voie libre. Les flics du détersif vous indiqueront la case où il vous sera loisible de laver ce que vous croyez être votre conscience et qui n'est qu'une dépendance de l'ordinateur neurophile qui vous sert de cerveau. Et pourtant...

È fundamental que as lavandarias automáticas, à esquina das ruas, permaneçam tão imperturbáveis como os sinais vermelhos ou verdes.
Os “chuis” do detergente indicar-vos-ão o compartimento onde vos será permitido lavar o que credes ser a vossa consciência e que não passa de uma dependência do computador neurófilo que vos serve de cérebro. E, apesar disso,...

 

 

la solitude...

a solidão...

 

 

Le désespoir est une forme supérieure de la critique. Pour le moment, nous l'appellerons "bonheur", les mots que vous employez n'étant plus "les mots", mais une sorte de conduit à travers lequel les analphabètes se font bonne conscience. Mais...

O desespero é uma forma superior da crítica. De momento, chamá-la-emos de “felicidade”, as palavras que empregais já não são “as palavras”, mas uma espécie de canal através do qual, os analfabetos se mantêm de consciência tranquila. Mas...

 

 

la solitude...

la solitude...

 

 

Le Code civil nous en parlerons plus tard. Pour le moment, je voudrais codifier l'incodifiable. Je voudrais mesurer vos danaïdes démocraties. Je voudrais m'insérer dans le vide absolu et devenir le non-dit, le non-avenu, le non-vierge par manque de lucidité. La lucidité se tient dans mon froc.

Leo Ferre,  La Solitude (1916 – 1993)
Do Código civil falaremos mais tarde. De momento, queria codificar o incodificável. Queria medir as vossas democracias impossíveis. Queria inserir-me no vazio absoluto e tornar-me o não dito, o não acontecido, o não virgem por falta de lucidez. A lucidez agarra-se às minhas calças …
   
   
   
música: La Solitude, Léo Ferré
busca por temas:
publicado por Guri Guri às 09:00
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Tio Mário a 30 de Maio de 2006 às 11:41
Um obrigado ao Tio Zé pela ajuda fundamental na tradução da letra da canção.

congelado

De Tio Mário a 30 de Maio de 2006 às 12:51
Texto datado, de pendor anarquista, libertário.

E, nos dias de hoje, será que já não faz sentido?

congelado | discussão

De Anónimo a 30 de Maio de 2006 às 15:56
Faz sentido mas é preciso saber ler. O Tio Mário, que frequenta os mais desvairados lugares (como diria Jorge Luís Borges), deve servir de "cicerone".
Tenho um postal da Finlândia para vos mandar. Logo que possa.
Por aqui, continua um inverno rigoroso. O Putschy deita-se com as galinhas e embrulha-se numa manta. Pobre cão-emigrante! Se estivesse na pátria, andaria na campo a pôr na ordem as rolas-turcas!...
Tio Zé


De Tio Fernando a 30 de Maio de 2006 às 16:37
Ao ler este texto, que me deixou triste, penso: Como estará a sofrer quem escreve desta maneira! Parece alguém perdido no deserto em noite sem estrelas que o guiem. Sei que há pessoas nesta situação e muitas vezes sem culpa. Não condeno ninguém. Elevo o meu pensamento para Deus e imploro que seja Ele a luz que sempre nos ilumine e mostre o caminho que nos conduza à felicidade que só Ele pode dar. Abramos-Lhe o nosso coração. Assim acredito! Tio Fernando

congelado

Comentar post

.pesquisar

 

.posts recentes

. porque ele é bom

. Por favor não use este bl...

. Protopoema

. O Baptizado da Maria

. Descubra se for capaz

. Mergulhando nas raízes

. Postal de Boas Festas

. A Travessia da Serra

. Chi vó, non pó

. Nasceu a Maria !!!

.busca por temas

. caixa de pandora

. canções

. cantinho dos caganitos

. cidade do porto

. conversas de primos

. crónicas de família

. crónicas do luxemburgo

. descubra se for capaz

. diversos

. esboços

. música

. poemas

. posts diversos

. todas as tags

.links

.Dezembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
27
28
29

30
31


.arquivos

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Dezembro 2006

. Outubro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.links

.Search

Loading

.O Sapo Cantor

Dedicado a todos os caganitos
Liga o som, clica aqui e segue as instruções

.Horas


.Música (Radio via Internet)


Música Clássica
I - www.infiniteclassical.com
II - sky.fm 24 aac+
III - inspiration-fm 24 aac+
IV - radio laser classical
V - mpegradio.com

Música de relax
I - ambient musiv4free.org
II - radio mystical

Música do mundo
sky.fm 24 aac+

Música Ambiente
homihomi.com

Rock anos 60/70/80
www.netclassix.com

Instruções
1. Verfique se tem a sua aparelhagem de som ligada.
2. Clique na música do seu agrado e aguarde uns segundos 3. Caso a música não arranque, clique em Instalar Winamp e siga as instruções. Nota: Esta instalação necessita de ser feita uma única vez

.Música (Leitor Audio)


Se gosta da música, compre os discos

.Páginas visitadas


blogs SAPO

.subscrever feeds