Segunda-feira, 5 de Junho de 2006

Se soubessem como eu gosto de olhar as estrelas!

É engraçado que ás vezes, uma palavra que parecia ficar condenada ao esquecimento, pode fazer despoletar em nós anseios de escrever coisas belas.

Assim aconteceu, com as estrelas a que o Tio Mário se referiu, quando falou em sabonete lux.

Estas estrelas lavam-se como quiserem e com o produto que para si escolheram. E, por falar nisso aproveito para avisar que olhem bem para a composição dos vossos produtos de higiene e vejam se contêm uma substância química chamada Lauril Sulfato de Sódio. É muito usada nestes produtos, pela facilidade que tem em produzir grande quantidade de espuma. Cuidado amigos! Dizem que é cancerígeno!

 

Já me estou a desviar da minha estrela, afinal um simples sabonete quase me desvia da rota que me propus alcançar. Esse mundo fantástico das estrelas, aquelas que a minha vista consegue descortinar na noite e, cintilam, com a mesma magia, de uma imensidão de velas acesa por mão humana.

As estrelas conseguem levar-me a um estado de alma que me consola, quando por vezes um sentimento, geralmente de saudade, me faz doer bem no fundo da alma.

 

Debruço-me à janela do meu quarto (mais em Melres), olho o monte, o rio e o céu, e alguma estrela que me pareça mais especial. Através dela consigo abranger o infinito e, por momentos falar com aqueles que amo, mas não estão fisicamente junto de mim.

 

Começa então uma oração que me consola e me dá força. A beleza da paisagem que se apresenta diferente no mistério que envolve a noite, não dá medo, apazigua e envolve-nos também nesse mistério de Infinito que nos transcende e, ao mesmo tempo está tão perto de nós.

 

Sempre costumo a utilizar as estrelas para falar aos meus netos, de realidades que eles ainda não entendem.

Jamais esqueço a noite em que morreu o Albano, o filho da Adelaide e do Castro.

A Margarida estava connosco e apercebeu-se que alguma coisa triste se passava…falhei-lhe nas estrelas e disse-.lhe:

“Vês Margarida o Albano está naquela estrela!”

Era a primeira que aparece no céu, a Sirius.

Então a Margarida com uma batata frita na mão faz um gesto de oferta em direcção à estrela:

“Albano queres batatas fritas?

“ Olha Vó, estou a ver uma perna do Albano!”.

Ainda consegui fazer rir a Adelaide!

Benditas crianças e benditas estrelas que tão bem mostraram o caminho aos Reis do Oriente! Estrela que os havia de levar a uma criança que, não é mais nem menos que o dono de todas as estrelas.

 

Tia Guida

 

Ofereço à Rita este post,  neste dia do seu aniversário, com um beijo muito amigo. Continuo a pedir para ela uma Estrela especial a iluminar o seu caminho. Parabéns!

busca por temas:
publicado por Primos Online às 23:02
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De Tio Mário a 6 de Junho de 2006 às 02:44
Vadio como sou, só agora me cruzei com as tuas estrelas. Como gostei de te ler! O único risco que corres é que te chamem nomes. A mim, por xemplo, até poeta me chamaram. Até o ar me faltou!. Nada que um Lauril Sulfato de Sódio não resolva.
- O freguês que se segue.

Se soubesses como eu gosto de olhar as estrelas!

congelado | discussão

De Anónimo a 6 de Junho de 2006 às 04:26
'arago p'ró 'arago...
Já é ofensa chamar poeta?
Poeta e cada vez mais "fino"...
Tio Zé


De Tio Fernando a 7 de Junho de 2006 às 23:58
A (minha querida) Tia Guida esteve muito tempo em silêncio mas quando resolveu "aparecer" deixou-nos este texto tão bonito quanto oportuno. Também gosto muito de olhar as estrelas, mas tenho que confessar o meu fraquinho pela lua cheia.
Tio Fernando

congelado

De Paula a 8 de Junho de 2006 às 00:27
Obrigada Mãe!
Estava-me a fazer falta um texto como este: belo, terno e apaziguador...
Bjs.

Paula

congelado

De Gui a 9 de Junho de 2006 às 19:30
Também eu gosto de estrelas... sobretudo daquelas que a minha mãe ternamente me mostra!
Um grande beijinho,
Gui

congelado

Comentar post

.pesquisar

 

.posts recentes

. porque ele é bom

. Por favor não use este bl...

. Protopoema

. O Baptizado da Maria

. Descubra se for capaz

. Mergulhando nas raízes

. Postal de Boas Festas

. A Travessia da Serra

. Chi vó, non pó

. Nasceu a Maria !!!

.busca por temas

. caixa de pandora

. canções

. cantinho dos caganitos

. cidade do porto

. conversas de primos

. crónicas de família

. crónicas do luxemburgo

. descubra se for capaz

. diversos

. esboços

. música

. poemas

. posts diversos

. todas as tags

.links

.Dezembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
27
28
29

30
31


.arquivos

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Dezembro 2006

. Outubro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.links

.Search

Loading

.O Sapo Cantor

Dedicado a todos os caganitos
Liga o som, clica aqui e segue as instruções

.Horas


.Música (Radio via Internet)


Música Clássica
I - www.infiniteclassical.com
II - sky.fm 24 aac+
III - inspiration-fm 24 aac+
IV - radio laser classical
V - mpegradio.com

Música de relax
I - ambient musiv4free.org
II - radio mystical

Música do mundo
sky.fm 24 aac+

Música Ambiente
homihomi.com

Rock anos 60/70/80
www.netclassix.com

Instruções
1. Verfique se tem a sua aparelhagem de som ligada.
2. Clique na música do seu agrado e aguarde uns segundos 3. Caso a música não arranque, clique em Instalar Winamp e siga as instruções. Nota: Esta instalação necessita de ser feita uma única vez

.Música (Leitor Audio)


Se gosta da música, compre os discos

.Páginas visitadas


blogs SAPO

.subscrever feeds